quinta-feira, outubro 31, 2013

DIA MUNDIAL DA POUPANÇA e DIA DA FORMAÇÃO FINANCEIRA

Luís Afonso, Público, 31.10.2010

Assinala-se hoje o Dia Mundial da Poupança e Dia da Formação Financeira. O Dia Mundial da Poupança foi criado em 1924, durante o primeiro congresso do World Society of Savings Banks em Milão, Itália. No final deste congresso, a 31 de outubro, o Professor Filippo Ravizza declarou este dia como o "Dia Internacional da Poupança". Nas resoluções do Congresso foi decidido que o Dia Mundial da Poupança deveria ser um dia dedicado à promoção da poupança em todo o mundo. E porque se entende a importância deste domínio, em termos educativos, desde 2012 que se realiza o Dia da Formação Financeira neste mesmo dia. Em Portugal, diversas entidades disponibilizam formação, informação e serviços de apoio no âmbito da poupança, da formação financeira e das diversas situações e problemas que surgem neste âmbito. Alguns exemplos:





segunda-feira, outubro 28, 2013

DIA INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR

 Assinala-se hoje o Dia Internacional da Biblioteca Escolar. Comemorado desde há vários anos, este dia e este mês procura chamar a atenção para a importância do papel das bibliotecas no contexto das escolas e para a sua centralidade em termos educativos. Aqui ficam os marcadores de livros distribuídos, este mês, nas nossas escolas e centros escolares.


domingo, outubro 27, 2013

PROJETO LER + JOVEM 2013-2015


Foi aprovada a candidatura do projeto Por Amares (+) os livros que apresentamos recentemente no âmbito do Projeto Ler + jovem 2013 - 2015, do Plano Nacional de Leitura. O projeto, a ser implementado em dois anos, visa a promoção da leitura entre os alunos do ensino Secundário e contempla, ainda, um conjunto de iniciativas para promover a leitura entre o público adulto, quer nas famílias, quer na comunidade educativa. Trata-se de mais um projeto da Biblioteca, no seguimento de outros anteriores, que procura desenvolver o gosto pela leitura entre os nossos alunos, contribuindo, deste modo, para o seu seu sucesso educativo e para sua formação integral.

quarta-feira, outubro 23, 2013

UMA TARDE COM HISTÓRIAS

António Castanheira esteve, uma vez mais, na nossa Biblioteca, no âmbito do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares. Contou, cantou e, como sempre, encantou os mais novos com as suas histórias maravilhosas.







terça-feira, outubro 22, 2013

ANTÓNIO CASTANHEIRA NA BIBIBLIOTECA DA ESA

Integrada no Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, vamos receber, hoje, na nossa Biblioteca, o contador de histórias António Castanheira. A sua presença é dirigida aos alunos do 7º ano, procurando dar-lhes a conhecer melhor a sua biblioteca. O Antónia Castanheira é um "amigo da casa" e uma presença regular, nesta altura do ano. A sua capacidade de contar e cantar é uma garantia de sucesso junto dos alunos mais novos (mas não só)

sábado, outubro 19, 2013

CENTENÁRIO DE VINICIUS DE MORAES

Comemora-se hoje o centenário do nascimento do poeta brasileiro Vinicius de Moraes, um nome bem conhecido por ter muitas das suas poesias imortalizadas em diversas canções cantadas por todo o mundo, entre as quais a famosa "Garota de Ipanema". Como poucos, Vinicius fez ouvir a língua portuguesa, levando-a aos quatro cantos do planeta, cantada por nomes como Frank Sinatra, Ella Fitzgerald ou Nina Simone. 

Aqui fica o seu 


Soneto de separação


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.



De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.



De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.



Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Por ocasião do seu centenário foi lançado um site que reúne notas biográficas com fotografias, livros de poesias, capas dos discos, as suas letras e músicas, entre muitas outras informações:





MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR



quinta-feira, outubro 10, 2013

ESCRITORA CANADIANA VENCE O NOBEL DA LITERATURA

A escritora canadiana Alice Munro foi a vencedora do Prémio Nobel da Literatura de 2013. Nascida em 1931 é conhecida por uma obra de ficção que vai buscar às raizes da sua terra natal a grande fonte de inspiração. Os seus romances e contos exploram as complexidades humanas através de narrativas aparentemente simples.
vencedora de vários outros prémios, Alice Munro já foi classificada como o "Chekhov" canadiano. É considerada mundialmente uma das grandes escritoras contemporâneas. A sua obra lida com o amor e o trabalho, e o falhanço de ambos, numa obsessão pelo tempo e com a incapacidade de o retardar ou imbedir o seu avanço.
Muito evidente nas suas histórias é o tema do envelhecimento, e o dilema da rapariga rural que vê a idade aumentar e a relação com a sua família e a pequena cidade onde cresceu manter-se inalterável. Vejam-se os seus mais recentes trabalho: "Hateship, Friendship, Courtship, Loveship, Marriage" (2001, e "Runaway" (2004).
A sua prosa revela com ironia e seriedade, a um tempo, as ambiguidades da vida, colocando o fantástico ao lado do mundano, do dia a dia mais comum, que tem vindo a criar uma empatia crescente entre críticos e leitores.
Munro publicou mais de uma dúzia de colectâneas de histórias curtas, muitas delas editadas em Portugal pela editora Relógio d’Água, incluindo a mais recente, Amada Vida (Dear Life, 2012), traduzida pelo poeta José Miguel Silva. Outros livros de Monro disponíveis em edição portuguesa são O Progresso do Amor (The Progress of Love, 1986), O Amor de Uma Boa Mulher (The Love of a Good Woman, 1998), Fugas (Runaway, 2004), A Vista de Castle Rock(The View from Castle Rock, 2006) e Demasiada Felicidade (Too Much Happiness, 2009).
À semelhança de outros vencedores do Nobel, procuraremos disponibilizar, brevemente, obras desta autora aos leitores da nossa Biblioteca.


Para ler a críica de José Mário Silva ao último livro de contos de Alice Munro:


terça-feira, outubro 01, 2013

DIA MUNDIAL DA MÚSICA


Comemora-se hoje, 1 de outubro, o Dia Mundial da Música. A data foi instituída em 1975 pelo International Music Council, uma instituição fundada em 1949 pela UNESCO e que agrega vários organismos e individualidades do mundo da música. Com esta celebração pretende-se promover a arte musical em todos os setores da sociedade, divulgar a diversidade musical, aproveitando a música para promover os ideais da UNESCO como a paz e a amizade entre as pessoas e os povos, a diversidade das culturas e a troca de experiências.

Aproveitamos a ocasião para divulgar um projeto de difusão e disponibilização de música, em acesso livre. O Musopen, é uma muito útil biblioteca online de obras musicais de domínio público que disponibiliza peças de mais de 150 compositores clássicos para download ou audição on-line. As composições estão organizadas por compositores, intérpretes, períodos ou instrumentos. As peças são dirigidas e executadas por maestros e instrumentistas consagrados. Para fazer o download é apenas necessário um registo simples. Os downloads gratuitos estão limitados a cinco, por dia. No entanto, com um pagamento de 55 US$ anuais, todo o conteúdo do site fica disponível para downloads ilimitados. A Musopen também disponibiliza as partituras das obras que compõem o projeto.

Fazem parte do acervo nomes como Bach, Béla Bartók, Beethoven, Berlioz, Brahms, Chopin, Debussy, Donizetti, Handel, Haydn, Strauss, Liszt, Mahler, Mendelssohn, Mozart, Offenbach, Prokofiev, Rachmaninoff, Ravel, Rossini, Schumann, Tchaikovsky, Verdi, Vivaldi, Wagner, entre muitos outros