sexta-feira, novembro 30, 2012

150 ANOS DE AMOR DE PERDIÇÃO

Neste ano em que se comemoram os 150 anos da obra mais conhecida de Camilo Castelo Branco, Amor de Perdição, fica também aqui uma evocação, com a divulgação de alguns recursos facilmente acessíveis a todos. 
Uma edição digital do livro, editada pela Porto Editora, está disponível para descarga gratuita na nossa secção BIBLIOTECA DIGITAL. 

Recentemente, o Diário de Notícias, disponibilizou doze livros de Camilo Castelo Branco, digitalizados a partir de edições que pertencem ao espólio da Biblioteca Nacional. Trata-se de uma seleção interessante, apesar de serem edições do século XIX o que torna mais difícil a sua leitura:
No Youtube está disponível uma das versões cinematográficas da obra,um filme de 1943, com realização de António Lopes Ribeiro




De 2008, com realização de Mário Barroso, uma versão contemporânea da obra, está disponível em diferentes episódios. Aqui, a primeira parte:


quinta-feira, novembro 29, 2012

COMO A INTERNET MUDOU (e vai continuar a mudar) AS NOSSAS VIDAS

O diário PÚBLICO tem um novo site. Para assinalar esta mudança, publicou, nos últimos dias, entrevistas com cinco especialistas para fazer um balanço do seu impacto e tentar perspectivar tendências sobre a Internet. Internet tem vindo a mudar radicalmente as nossas vidas: o nosso trabalho, o nosso lazer, a nossa forma de comunicar, o nosso quotidiano. Particularmente interessante a que foi publicada ontem, quarta-feira, com Nicholas Carr e que aborda questões da maior pertinência para os professores, como por exemplo o impacto da Internet no cérebro, na capacidade de memória ou de concentração. A ler!


O PÚBLICO apresenta os entrevistados:

"Começamos a série com Clay Shirky, que escreveu Eles Vêm aí: o Poder de Organizar sem Organizações (de 2008, em Portugal editado pela Actual Editora) e Cognitive Surplus: Creativity and Generosity in a Connected Age (2010). É professor na New York University (NYU) e analisa a forma como a Internet se transformou num meio de conversa e de organização de grupos. 
No dia seguinte, falamos com o guru Jeff Jarvis, autor de O Que Faria o Google? (Gestão Plus, 2010), Public Parts: How Sharing in the Digital Age Improves the Way We Work and Live (2011), director do Tow-Knight Center for Entrepreneurial Journalism na CUNY (City University of New York) e consultor de várias empresas de media - ele é um dos defensores da ideia de tornar público aquilo que muitos consideram que deve ser privado.
Depois, é a vez de Ethan Zuckerman, colaborador de vários projectos, como o MIT Center for Future Civic Media, e investigador do Berkman Center for Internet and Society da Universidade de Harvard, e fundador do projecto Global Voices – um site que é uma comunidade de bloggers de todo o mundo e que se afirmou como uma fonte de informação alternativa. 
A seguir, entrevistamos o bielorrusso Evgueny Morozov, que está neste momento a terminar um livro, com o título provisório Silicon Democracy, depois de defender que a Internet ajuda os regimes autoritários em The Net Delusion: The Dark Side of Internet (2011). 
Finalmente, publicamos a entrevista com Nicholas Carr, cujo livro The Shallows: What the Internet Is Doing to Our Brains foi finalista dos prémios Pulitzer de não-ficção. Carr tem-se dedicado a estudar os efeitos perversos da Internet no nosso cérebro, analisando a forma como tem tornado o nosso pensamento mais distractivo, errático e rápido. É ainda autor do artigo Is Google making us stupid?, amplamente debatido (pode ler-se na edição online da revista The Atlantic), e dos livros de The Big Switch: Rewiring the World, from Edison to Google (2008) e de Does IT Matter? (2004)."



Data de publicação das entrevistas no Público on-line:

Dia 22, 5ª feira: Clay Shirky  - “A Internet não é uma esfera separada da vida”

Dia 23, 6ª feira: Jeff Jarvis “Gostaria de convencer as pessoas a escolherem a exposição pública” 

Dia 26, 2ª feira: Ethan Zuckerman - “A Internet pode ajudar a democracia por ser descentralizada”

Dia 27, 3ª feira: Evgueny Morozov - “Teremos muito mais censura personalizada”

Dia 28, 4a feira: Nicholas Carr -
 “A Internet mudou a nossa percepção do tempo”

quarta-feira, novembro 28, 2012

VALTER HUGO MÃE VENCE PRÉMIO PORTUGAL TELECOM 2012

O escritor Valter Hugo Mãe é o vencedor da 10.ª edição do Prémio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa. O escritor, que já esteve várias vezes na nossa Biblioteca, recebeu, numa cerimónia que decorreu em S. Paulo, no Brasil, o prémio na categoria de melhor romance com a A Máquina de Fazer Espanhóis e também foi o vencedor do Grande Prémio Portugal Telecom 2012, um dos mais importantes da cultura de língua portuguesa.
Para o Valter, um amigo especial da nossa Biblioteca, vai um abraço de felicitações por mais um importante prémio.

Valter Hugo Mãe na nossa Biblioteca
Mais informação em:


terça-feira, novembro 27, 2012

90 ANOS DE JOSÉ SARAMAGO

No mês em que se comemoram os 90 anos do autor, a Fundação José Saramago editou o número 6 da sua revista digital, Blimunda, uma revista gratuita, que se publica no dia 18 de cada mês e que neste novembro aparece com grafismo renovado.

Os conteúdos deste número são quase na íntegra dedicados a José Saramago, pelos seus 90 Anos. O dossier central recebe textos de Harold Bloom, Mario Benedetti, Manuel Gusmão, James Wood, Luciana Stegagno Picchio, Carlos Fuentes, John Updike, Juan Cruz e Eduardo Lourenço, acompanhados pelas ilustrações que compõem a exposição que pode ser visitada na Casa dos Bicos, na Estação do Metro "Aeroporto" e na Biblioteca Municipal do Palácio das Galveias. Presentes neste dossier estão também as 90 Palavras que foram enviadas por leitores de Saramago das mais diversas origens geográficas.
Na secção infantil e juvenil, Luísa Ducla Soares e Andreia Brites escrevem sobre a obra infantil de José Saramago, através de um percurso biográfico do Autor e de uma análise mais profunda à obra A Maior Flor do Mundo. Presentes nas páginas da revista estão, como habitualmente, as secções "Leituras do mês" e "De relance", assinadas por Sara Figueiredo Costa, que neste número nos leva a Castelo Branco e à primeira edição do Festival Literário daquela cidade beirã.
A revista Blimunda pode ser descarregada no sítio da Fundação José Saramago http://www.josesaramago.org/ - ou, aqui ,nossa secção BIBLIOTECA DIGITAL. 

segunda-feira, novembro 26, 2012

3 FERRAMENTAS WEB


A web coloca à nossa disposição um sem fim de ferramentas, aplicações e sítios de grande interesse e utilidade para o nosso trabalho enquanto professores.
Apresentam-se aqui três exemplos, com características diferentes mas com igual interesse:

O RoboBraille é um conversor gratuito de textos para formato digital em audio MP3,  braille ou ebook (ePub). O serviço é operado e mantido pelo Centro Dinamarquês para a Deficiência Visual, Crianças e Juventude (Synscenter Refsnæs), proprietário do serviço. O RoboBraille está disponível gratuitamente para todos os utilizadores que o utilizem para fins não comerciais. A utilização é simples, basta enviar um documento por e-mail e em pouco tempo os documentos são-nos devolvidos em formato Braille ou em ficheiro áudio com voz sintetizada, não sendo necessário instalar nenhum programa.


O Stellarium é um planetário de software livre para instalar no computador. Permite ver um céu realista em três dimensões igual ao que se vê a olho nu, com binóculos ou telescópio. Também pode ser usado em projetores de planetários. Basta ajustar as coordenadas geográficas e começar a observar o céu!  Inclui um catálogo padrão de mais de 600.000 estrelas, um catálogo extra com mais de 210 milhões de estrelas, asterismos e ilustrações das constelações, constelações de onze diferentes culturas, imagens de nebulosas (catálogo Messier completo), Via Láctea realista, atmosfera, nascer e pôr-do-sol bastante realistas e os planetas e seus satélites.


O sítio do Rijksmuseum não é apenas mais um sítio de um museu, mesmo de um museu especial como este. O museu tem estado em obras e vai reabrir no dia 13 de abril de 2013 disponibilizando um total de 8000 trabalhos de arte e história em 80 salas, representando 800 anos de cultura holandesa, da Idade Média até à atualidade, com destaque para Rembrandt, Vermeer ou Frans Hals. O sítio proporciona não só toda a informação institucional mas ainda visitas virtuais, o acesso à colecção, com reproduções de grande qualidade e pormenor e uma secção particularmente interessante - Rijksstudio – que permite criar ou personalizar objectos, usando obras de arte do museu. 


As ligações aos três sítios ficam também disponíveis no Delicious da Biblioteca, acessível, aqui no blog em Outros Sítios.

domingo, novembro 25, 2012

Cores de Outono

Instagram

sexta-feira, novembro 23, 2012

LIVROS NOVOS NA BIBLIOTECA

Acabados de sair, estão já na nossa Biblioteca:


Uma permanência de quase três semanas na Coreia do Norte foi o ponto de partida para o novo livro de José Luís PeixotoDesde o interior da ditadura mais repressiva do mundo, desde um país coberto por absoluto isolamento, Dentro do Segredo. Em abril de 2012, José Luís Peixoto foi um espectador privilegiado nas exuberantes comemorações do centenário do nascimento de Kim Il-sung, em Pyongyang, na Coreia do Norte. Também nessa ocasião, participou na viagem mais extensa e longa que o governo norte-coreano autorizou nos últimos anos, tendo passado por todos os pontos simbólicos do país e do regime, mas também por algumas cidades e lugares que não recebiam visitantes estrangeiros há mais de sessenta anos. A surpreendente estreia de José Luís Peixoto na literatura de viagens leva-nos através de um olhar inédito e fascinante ao quotidiano da sociedade mais fechada do mundo. Repleto de episódios memoráveis, num tom pessoal que chega a transcender o próprio género. Dentro do Segredo é um relato sobre o outro que, ao mesmo tempo, inevitavelmente, revela muito sobre nós próprios.

Ver mais em:

Depois da saga Harry Potter, J.K. Rowling escreveu o seu primeiro livro para adultos. As críticas no estrangeiro foram divididas, o que não deixa de ser significativo. A edição portuguesa de «Uma Morte Súbita» foi lançada na quarta-feira passada.  Este surpreendente romance sobre uma pequena comunidade inglesa aparentemente tranquila, Pangford, começa quando Barry Fairbrother, o conselheiro paroquial, morre aos quarenta poucos anos. A pequena cidade fica em estado de choque e aquele lugar vazio torna-se o catalisador da guerra mais complexa que alguma vez ali se viveu. No final, quem sairá vencedor desta luta travada com tanto ardor, duplicidade e revelações inesperadas? 
Só nos Estados Unidos, o livro teve uma tiragem inicial de dois milhões de exemplares, metade dos quais já tinham sido vendidos mesmo antes de chegarem ao mercado. Em Portugal, a Presença avançou com uma edição inaugural de 50 mil exemplares.

quarta-feira, novembro 21, 2012

A Menina do Vale

A Menina do Vale

Como o empreendedorismo pode mudar a sua vida

Numa altura em que tanto se fala da importância do empreendedorismo e em que na nossa escola temos um projeto tão significativo da sua promoção nos nossos jovens alunos (o Projeto NIF), este é um exemplo a ter em conta e a ler com atenção.

Bel Pesce é uma jovem  brasileira de 24 anos que, apesar da sua juventude, tem um currículo extraordinário. Nascida e criada em São Paulo, Bel estudou no conhecido Massachusetts Institute of Technology (MIT). Durante a faculdade, trabalhou na Microsoft, Google e Deutsche Bank, e terminou vários cursos: Engenharia Elétrica, Ciências da Computação, Administração, Economia e Matemática, além de fazer programas em Liderança e Inovação.
Desde pequena, gostava de criar ideias e começar projetos, e já esteve envolvida com muitas startups. Depois de se formar, resolveu viver na Califórnia, no Silicon Valley,  onde se respira empreendedorismo. Liderou três equipas de engenheiros na companhia americana Ooyala e mais recentemente juntou-se ao núcleo fundador da Lemon. Apenas 3 meses após o lançamento, a Lemon já conta com mais de 1 milhão de utilizadores.
Bel lançou este ano um livro que em menos de uma semana teve mais de 100.000 downloads. À venda em suporte papel, o livro é grátis na versão digital e está disponível, em pdf, na nossa secção BIBLIOTECA DIGITAL.
Bel é uma grande defensora de que todos os sonhos são atingíveis e de que a força está dentro de cada um de nós. A sua história possui episódios completamente improváveis e ela acredita piamente que qualquer pessoa é capaz de alcançar os seus sonhos. Pode conhecer mais da sua história neste vídeo e no site pessoal.


Sempre dando o melhor de si, esta jovem recebeu diversos prémios no MIT, na Microsoft e na Google, foi finalista de uma série de competições de planos de negócios e é uma Sandboxer e TED Fellow, dentre muitos outros reconhecimentos.
Leiam e divulguem este exemplo e este ebook entre os jovens!

segunda-feira, novembro 19, 2012

MOITA FLORES NA BIBLIOTECA DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMARES


Na passada sexta-feira, 16 de novembro, a nossa Biblioteca recebeu a visita do escritor Francisco Moita Flores. A ocasião serviu para apresentar o último livro do autor, que na ocasião afirmou que não tinha muito jeito para promover os seus próprios livros. Talvez por isso, falou, sobretudo, dos livros de outros autores, cuja leitura aconselhou, da sua história de vida – recordando alguns momentos com particular emoção – e deixando palavras de esperança no futuro para os muitos alunos presentes. A esperança de dias melhores foi, aliás, uma tónica sempre presente nas suas palavras. Mesmo neste livro, O  Bairro da Estrela Polar, que fala de jovens marginais que vivem na área da grande Lisboa, que fazem assaltos e tráfico de droga, mas que também são capazes de intensas solidariedades. A sua experiência de vida, particularmente a sua passagem pela Polícia Judiciária e pela investigação criminal, mereceram particular destaque e interesse da parte dos jovens.


Moita Flores salientou também a importância de ganharmos consciência da enorme e fantástica revolução tecnológica que estamos a viver e que está a mudar radicalmente o acesso à informação e ao conhecimento e mesmo a nossa maneira de viver, de pensar. A este propósito falou da importância dos afetos e das solidariedades que as máquinas não conseguem substituir.


Na sessão, o autor fez aos jovens repetidos incentivos à leitura e aconselhou-os a apostarem na sua formação e, se necessário a fazerem sacrifícios para atingirem os seus objectivos: “Nunca desistam dos vossos sonhos” foi um apelo que deixou a todos num discurso muito marcado pelos afetos, pela solidariedade e pela esperança.


Moita Flores, com a sua simplicidade, humor e simpatia, cativou toda a assistência que lhe retribuiu com uma forte ovação. No final decorreu uma prolongada sessão de autógrafos. Na ocasião, foram-lhe entregues algumas lembranças para recordar a sua passagem pela escola: vinho de Amares, exemplares da revista “Toque de Saída” e um azulejo produzido no nosso Ateliê de Artes, ofertas que muito apreciou e que agradeceu sensibilizado.

                                        Correio do Minho - 17/11/2012






quinta-feira, novembro 15, 2012

DIA MUNDIAL DA FILOSOFIA 2012



O Dia Mundial da Filosofia, comemora-se hoje (terceira quinta-feira de Novembro), numa iniciativa proclamada pela UNESCO, em 2005. O objetivo fundamental desta data é chamar a atenção para a importância da filosofia e do seu ensino no mundo contemporâneo.
Na nossa escola a efeméride tem sido assinalada por iniciativa do Grupo Disciplinar de Filosofia, a que a Biblioteca se tem procurado associar.
Este ano, sob o lema - O ESPAÇO DA FILOSOFIA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO - os alunos realizaram, nas últimas semanas, trabalhos em formato de Poster, que agora estão em Exposição no átrio à frente da Biblioteca. 







A iniciativa procura ainda chamar a atenção para alguns livros de filosofia, disponíveis na BE. Aos alunos do Secundário foi também distribuído um marcador de livros.


Também para assinalar esta data a Direção-Geral da Educação promove, hoje, a partir das 15 horas, um webinar subordinado ao tema «Ensinar e Aprender Filosofia no mundo atual». A oradora deste webinar será a Professora Maria Luísa Ribeiro Ferreira, Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. O webinar pode ser seguido em:




segunda-feira, novembro 12, 2012

FRANCISCO MOITA FLORES NA BIBLIOTECA


O escritor Francisco Moita Flores vai estar na próxima sexta-feira, dia 16, pelas 10 horas, na nossa Biblioteca, para apresentar o seu novo livro, «O Bairro da Estrela Polar», uma edição Casa das Letras. 
O livro conta a história de um bando de jovens marginais e é, para o autor, uma homenagem a dois escritores que o marcaram, Jorge Amado e Soeiro Pereira Gomes. «Quando li quer os «Capitães da Areia» quer os «Esteiros» eram proibidos. Descobri com 15, 16 anos que havia livros proibidos, porque as palavras são mais perigosas que verdadeiros exércitos», afirmou Moita Flores à Agência Lusa. No ano que marca o centenário do nascimento de Jorge Amado, o autor decidiu «revisitar o mundo das crianças, dos bandos juvenis», numa evocação dos dois autores a quem dedica o livro, pois ambos foram decisivos na sua escrita, mas também na sua vida.


«É um livro sobre crianças, sobre jovens marginais, a história de um bando, um gangue, que vive num bairro mítico de Lisboa, num dos muitos onde existem gangues e que fazem as coisas mais feias mas também fazem coisas bonitas, que a maioria das pessoas que falam de gangues não conhece. É uma ficção sobre um bando de rapazes que faz assaltos, vende droga, mas que também é capaz de intensas solidariedades, como só os jovens são capazes.»
«O Bairro da Estrela Polar», serviu, ainda, de base ao argumento para a série televisiva «O Bairro». 
Lançado no dia 12 de Novembro, em Lisboa, a comunidade educativa de Amares terá assim uma excelente oportunidade de conhecer o livro, o autor e a sua obra. A sessão tem o apoio Antunes Livreiros.

sexta-feira, novembro 09, 2012

Inauguração da Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda

É amanhã inaugurada a Biblioteca Municipal Francisco de Sá de Miranda. A partir de agora, a população de Amares, e particularmente a comunidade educativa, passa a dispor de um equipamento cultural com excelentes instalações e com um  fundo documental muito rico e diversificado com mais de 12 mil títulos, para além de outras valências indispensáveis no acesso à informação, com a disponibilização de postos informáticos.



 A inauguração permitirá, por certo, o aprofundamento do trabalho que tem vindo a ser realizado no âmbito da Rede de Bibliotecas de Amares que congrega ainda as 8 bibliotecas escolares do concelho. 
De destacar a disponibilização do sítio da Biblioteca que funciona como portal das Bibliotecas de Amares e que, brevemente, disponibilizará o catálogo coletivo: 
Este é, por isso, um momento de grande regozijo para toda a população do concelho e particularmente para os mais jovens que passam a contar com um espaço que lhes abre novas portas para o futuro. Aproveitem-no!


quarta-feira, novembro 07, 2012


 Dicionário Macmillan acaba com a edição em papel


Depois dos exemplos da Enciclopédia Britânica e da revista Newsweek chegou a vez do dicionário Macmillan anunciar o fim da edição em papel. As mudanças no mundo dos livros estão a ocorrer num ritmo vertiginoso e é bom que nos adaptemos às novas realidades e trabalhemos de forma diferente com os nossos alunos. O projeto Um toque no futuro, desenvolvido na nossa escola e apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, procura fazer luz nestes novos caminhos.

Com o fim do suporte em papel, temos à nossa disposição o site e as múltiplas aplicações - algumas grátis, outras pagas, embora a preços acessíveis -  para os nossos telemóveis, tablets ou noutros dispositivos móveis.




Macmillan Dictionary and Thesaurus: Free English Dictionary Online



terça-feira, novembro 06, 2012

Filmes de animação baseados em obras de Luís Sepúlveda

Os livros de Luís Sepúlveda, contam-se entre aqueles que mais sucesso fazem entre os leitores mais jovens. O velho que lia romances de amor e História da gaivota e do gato que a ensinou a voar são as suas obras mais reconhecidas entre os nossos alunos e têm feito parte das opções de leitura do Plano Nacional de Leitura da nossa escola.
Aqui apresentamos 3 filmes de animação sobre estas obras que podem constituir um ponto de partida para motivação à leitura, um complemento ao trabalho feito com estas obras ou ainda uma sugestão para trabalhos multimédia com os alunos.